:Motovelocidade: em prova cheia de acidentes, Granado chega em sexto com moto mais lenta

Motovelocidade: em prova cheia de acidentes, Granado chega em sexto com moto mais lenta - TV Na Rua CornelioDigital Motovelocidade: em prova cheia de acidentes, Granado chega em sexto com moto mais lenta - TVNaRua Cornelio Digital - Notícias, Eventos e Entretenimento
Motovelocidade: em prova cheia de acidentes, Granado chega em sexto com moto mais lenta

Brasileiro enfrentou problemas de freio e eletrônica, escapou de duas batidas, caiu para último e ainda pontuou bem no campeonato

Os problemas na moto ontem e neste sábado, além de três acidentes que pegaram todo o grid de surpresa, não impediram o brasileiro Eric Granado de realizar mais uma boa corrida no Mundial de Moto-E, em Le Mans, na França, valendo pela sexta etapa da temporada. Largando inicialmente da décima posição depois de enfrentar problemas de freio no classificatório, Granado foi capaz de desviar das motos desgovernadas à sua frente na corrida, mas as manobras o relegaram ao último lugar no início da prova.

Ao longo da curta corrida, que teve apenas cinco voltas e foi interrompida pelo primeiro acidente para a retirada da pista da moto do italiano Mattia Casadei (equipe ITA/SIC58), Eric chegou no sexto posto e obteve 10 pontos, ocupando agora a sexta colocação.

Os problemas no freio nas tomadas de tempo, que o relegaram ao décimo lugar no grid, impuseram ao jovem piloto da equipe espanhola Avintia Esponsorama a missão de tentar chegar no pelotão da frente durante a prova – um objetivo já dificultado pela curta duração da corrida. Mas Granado ainda se viu às voltas com um problema no software de gerenciamento do motor elétrico de sua Energica Ergo Corsa, que rendia 5km/h a menos nas retas, uma diferença considerável.
 

Acidente inicial – Casadei foi apenas a primeira vítima dos pneus frios no clima ameno de Le Mans. O italiano sentiu a roda traseira de sua Energica Ergo Corsa deslizar sem controle já na terceira curva após a largada, o que obrigou a interrupção da prova e a eliminação de duas das sete voltas previstas.

“Eu ainda tive muita sorte, por que na relargada houve outro acidente, com três motos e na mesma curva, só que bem na minha frente. Mais adiante o Matteo Ferrari (ITA/Trentino Gressini MotoE) também caiu sozinho por causa da pouca aderência do pneu traseiro frio. Eu consegui desviar da confusão, mas me custou caro, por que caí para último. Algumas voltas depois eu percebi que a minha moto não rendia nas retas e tinha uma retomada ruim, eu já não conseguia chegar em quem estava à minha frente”, detalha o brasileiro.
 

Desempenho – Segundo o piloto, a equipe vai trabalhar na moto para tentar recuperar o desempenho original do equipamento para a prova que será disputada neste domingo, a partir das 10h40 (de Brasília). “Essa diferença de velocidade em uma categoria na qual todas as motos são iguais teoricamente conta muito no desempenho”, diz Granado. “Se resolvermos isso, podemos sonhar em terminar o ano com um pódio amanhã”.

A vitória neste sábado coube ao espanhol Jordi Torres (equipe Pons), que também assumiu a liderança do campeonato. Torres largará da pole na prova deste domingo, que terá transmissão ao vivo pelos canais Fox Sports. Eric Granado disputa o Campeonato Mundial de Moto-E com patrocínio de Oakley, Shark, Alpinestars, Royal Motors e Thinkers, além do apoio de Orbea, Marazul, Edge e Frota.

Eric Granado acelera a Energica Ergo Corsa

Eric Granado acelera a Energica Ergo Corsa


''

Visualizações 68
Fonte: Assessoria
Por: Redação
Data: 10/10/2020 22h32min

« anteriorpróximo »
Hospital do Câncer de Londrina


CONTATO
contato@nossoclick.com
antonio.zaneti@gmail.com
(43)99920-1893



TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2007 - 2014