:Anderson luta com seriedade, vence Brunson e se emociona no UFC 208

Anderson luta com seriedade, vence Brunson e se emociona no UFC 208 - TV Na Rua CornelioDigital Anderson luta com seriedade, vence Brunson e se emociona no UFC 208 - TVNaRua Cornelio Digital - Notícias, Eventos e Entretenimento
Anderson luta com seriedade, vence Brunson e se emociona no UFC 208

Brasileiro evita quedas do adversário, tem lampejos dos áureos tempos através de golpes plásticos e conquista primeira vitória oficial desde o UFC Rio 3, em 2012 

Uma sucessão de derrotas e questionamentos sobre o seu futuro foram situações que Anderson Silva precisou aprender a lidar nos últimos dois anos. Acostumado a enfileirar adversários, Spider não vencia uma luta desde 2012. Sem o cinturão do Ultimate, passou a semana dizendo que atua por prazer e amor ao esporte que pratica desde a adolescência. E, aos 41 anos de idade, fez sua habilidade e sua experiência superarem a juventude e o porte físico de Derek Brunson, dando ainda lampejos dos seus grandes momentos, por meio de chutes rodados e domínio no octógono. A vitória por decisão unânime (29-28, 29-28 e 30-27) na co-luta principal do UFC 208, no Brooklyn, em Nova York, levou o brasileiro a quebrar um jejum de quatro anos e quatro meses e o recolocou no caminho trilhado desde o início de sua trajetória na modalidade.

Anderson Silva Derek Brunson UFC 208 (Foto: Getty Images)
Anderson comemora, e Derek Brunson lamenta o anúncio do resultado da luta no UFC 208 (Foto: Getty Images)

 

Anderson pareceu se divertir no octógono e, antes mesmo de ouvir seu nome ser anunciado como vencedor, sentou-se ao lado do adversário e o abraçou. Quando Bruce Buffer anunciou o resultado final, o brasileiro se emocionou, talvez, em um misto de felicidade e alívio. Ele abraçou os treinadores e se esforçou para falar ao ver o público de pé nas arquibancadas do Barclays Center. 

- Primeiro de tudo, obrigado por virem aqui hoje. Muito obrigado ao UFC e aos meus amigos, minha família e meus filhos. Primeiro de tudo, Deus. Eu trabalhei muito durante muito tempo para lutar aqui. Coloco sempre meu coração. Às vezes tenho uma dor nas pernas, nas costas, às vezes procuro minha família e digo que vou treinar por três ou quatro meses, e agora quando venho para uma luta, venho para proporcionar isso a todos e dar o meu melhor. Desculpem, pois sei que estou muito velho para lutar, todo mundo aqui é mais novo, mais forte, mas eu fiz isso aqui com o meu coração. Quando eu venho aqui dentro do octógono, coloco toda a minha vida aqui dentro. Respeito todo mundo aqui, respeito os fãs e venho aqui para lutar feliz, pois amo o meu trabalho, amo o UFC, meus fãs no mundo e, por muito tempo sonhei em lutar em Nova York, eu nem acredito que isso aconteceu. Obrigado! - declarou o brasileiro, cuja vitória contra Nick Diaz, no UFC 183, em 2015, foi transformada em "No Contest" (sem resultado), após ambos serem flagrados no exame antidoping..

O ex-campeão do peso-médio adentrou na arena de uma forma diferente. A música que anunciava a sua chegada ao octógono já não era a icônica “Ain’t no Sunshine”, do rapper DMX, que o acompanhou pelas 17 últimas lutas que fez na carreira. Por isso, talvez, a emoção tenha sido mais intensa, e as bandeiras do Brasil eram agitadas pela torcida canarinho enquanto Spider caminhava ao som da canção “Doom” (Sina, na tradução literal), composta por seu filho Kalyl, que o acompanhou até a entrada da arena ao lado do irmão Gabriel.

A luta

Quando o árbitro central autorizou o início do confronto, a tensão tomou conta. Anderson Silva, especialista em surpreender com golpes de rara habilidade, estudava Derek Brunson que, diferentemente de seu último compromisso, não avançou com a voracidade costumeira. Demorou mais de um minuto até um dos atletas arriscar o primeiro golpe - o americano errou o alvo em sua investida inicial. No centro do octógono, Anderson esperava para atuar no contra-ataque. Ele arriscou o primeiro jab, começou a trabalhar a movimentação, e os golpes de Brunson passaram a entrar - sem perigo. Os dois chegaram a clinchar e a trocarem golpes duros, mas com a segurança e a experiência típicas de quem esteve diante de oponentes mais tarimbados, Anderson se testava ao absorver os golpes e, quando julgava ser a hora, revidava, dando lampejos de seus momentos áureos dentro do octógono, por meio de chutes e socos plásticos.

Anderson Silva acerta um chute rodado em Derek Brunson no UFC 208 (Foto: Getty Images)



No segundo round, a torcida empurrava Spider: “Vamos lá, Silva!”. O brasileiro passou a se soltar mais, baixando a guarda e provocando o adversário com seu jogo mental. Mesmo com a vantagem física, Brunson não conseguia impor a pressão necessária para superar o brasileiro. Em vários momentos, ele buscou as pernas de Spider, que se defendeu as tentativas de queda com eficiência. Anderson absorveu bem um jab na têmpora e passou a caçar o adversário, acertando um chute rodado seguido de um chute de esquerda. Em determinado momento, o ex-campeão esboçou uma ginga típica da capoeira e acertou a perna esquerda na cabeça do adversário, na sequência. A torcida explodiu, mas o árbitro anunciou o fim do round logo depois.

Quando o terceiro assalto começou, Derek Brunson tentou reagir. Buscou o single leg, conseguiu a queda, mas Anderson Silva se levantou imediatamente. O americano executou nova tentativa de quedar o ex-campeão dos médios - em vão. Spider fez o sprawl e pegou o pescoço do adversário, ameaçando uma guilhotina. A luta voltou a transcorrer em pé, com Anderson desferindo um chute na linha de cintura e perseguindo o adversário no cage. O brasileiro ainda absorveu uma boa joelhada e trocou golpes no clinch. Brunson tentou até o final, mas parecia respeitar demais o oponente que, após um chute rodado baixo, quase acertou as partes íntimas do adversário. Anderson, então, estendeu a mão em sinal de desculpas. Ciente da proximidade do fim do round, Brunson pressionou na grade, levou a luta para o chão e caiu por cima. Era tarde, porém, para descontar a vantagem que o brasileiro havia conquistado nas etapas anteriores. Anderson terminou a luta por baixo, no entanto, sem risco de deixar o resultado favorável escapar.

Confira os resultados completos do UFC 208:

CARD PRINCIPAL
Germaine De Randamie venceu Holly Holm por decisão unânime (triplo 48-47)
Anderson Silva venceu Derek Brunson por decisão unânime (29-28, 29-28 e 30-27)
Ronaldo Jacaré venceu Tim Boestch por finalização aos 3m41s do R1
Glover Teixeira venceu Jared Cannonier por decisão unânime (triplo 30-26)
Dustin Poirier venceu Jim Miller por decisão majoritária (28-28, 30-27 e 29-28)
CARD PRELIMINAR
Belal Muhammad venceu Randy Brown por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)
Wilson Reis venceu Yuta Sasaki por decisão (triplo 29-28)
Islam Makhachev venceu Nik Lentz por decisão unânime (30-25, 30-25 e 30-27)
Rick Glenn venceu Phillipe Nover por decisão dividida (27-30, 29-28 e 29-28)
Ryan LaFlare venceu Roan Jucão por decisão unânime (30-26, 30-27 e 29-28)

Visualizações 338
Fonte: Combate
Por: Redação
Data: 12/02/2017 11h21min

« anteriorpróximo »

« anterior [1]  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14  15  16  17  18  19  20  21  22  23  24  25  26  27  28  29  30  31  32  33  34  35  36  37  38  39  40  41  42  43  44  45  46  47  48  49  50  51  52  53  54  55  56  57  58  59  60  61  62  63  64  65  66  67  68  69  70  71  72  73  74  75  76  77  78  79  80  81  82  83  84  85  86  87  88  89  90  91  92  93  94  95  96  97  98  99  100  101  102  103  104  105  106  107  108  109  110  111  112  113  114  115  116  117  118  119  120  121  122  123  124  125  126  127  128  129  130  131  132  133  134  135  136  137  138  139  140  141  142  143  144  145  146  147  148  149  150  151  152  153  154  155  156  157  158  159  160  161  162  163  164  165  166  167  168  169  170  171  172  173  174  175  176  177  178  179  180  181  182  183  184  185  186  187  188  189  190  191  192  193  194  195  196  197  198  199  200  201  202  203  204  205  206  207  208  209  210  211  212  213  214  215  216  217  218  219  220  221  222  223  224  225  226  227  228  229  230  231  232  233  234  235  236  237  238  239  240  241  242  243  244  245  246  247  248  249  250  251  252  253  254  255  256  257  258  259  260  261  262  263  264  265  266  267  268  269  270  271  272  273  274  275  276  277  278  279  280  281  282  283  284  285  286  287  288  289  290  291  292  293  294  295  296  297  298  299  300  301  302  303  304  305  306  307  308  309  310  311  312  313  314  315  316  317  318  319  320  321  322  323  324  325  326  327  328  329  330  331  332  333  334  335  336  337  338  339  340  341  342  343  344  345  346  347  348  349  350  351  352  353  354  355  356  357  358  359  360  361  362  363  364  365  366  367  368  369  370  371  372  373  374  375  376  377  378  379  380  381  382  383  384  385  386  387  388  389  390  391  392  393  394  395  396  397  398  399  400  401  402  403  404  405  406  407  408  409  410  411  412  413  414  415  416  417  418  419  420  421  422  423  424  425  426  427  428  429  430  431  432  433  434  435  436  437  438  439  440  441  442  443  444  445  446  447  448  449  450  451  452  453  454  455  456  457  458  459  460  461  462  463  464  465  466  467  468  469  470  471  472  473  474  475  476  477  478  479  480  481  482  483  484  485  486  487  488  489  490  491  492  493  494  495  496  497  498  499  500  501  502  503  504  505  506  507  508  509  510  511  512  513  514  515  516  517  518  519  520  521  522  523  524  525  526  527  528  529  530  531  532  533  534  535  536  537  538  539  540  541  542  543  544  545  546  547  548  549  550  551  552  553  554  555  556  557  558  559  560  561  562  563  564  565  566  567  568  569  570  571  572  573  574  575  576  577  578  579  580  581  582  583  584  585  586  587  588  589  590  591  592  593  594  595  596  597  598  599  600  601  602  603  604  605  606  607  608  609  610  611  612  613  614  615  616  617  618  619  620  621  622  623  624  625  626  627  628  629  630  631  632  633  634  635  636  637  638  639  640  641  642  643  644  645  646  647  648  649  650  651  652  653  654  655  656  657  658  659  660  661  662  663  664  665  666  667  668  669  670  671  672  673  674  675  676  677  678 próximo »


Hospital do Câncer de Londrina


CONTATO
contato@nossoclick.com
antonio.zaneti@gmail.com
(43)99920-1893



TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2007 - 2014