:Barcelona segura pressão, bate o Sevilla na prorrogação e fecha a temporada com título

Barcelona segura pressão, bate o Sevilla na prorrogação e fecha a temporada com título - TV Na Rua CornelioDigital Barcelona segura pressão, bate o Sevilla na prorrogação e fecha a temporada com título - TVNaRua Cornelio Digital - Notícias, Eventos e Entretenimento
Barcelona segura pressão, bate o Sevilla na prorrogação e fecha a temporada com título

Após expulsão de Mascherano, Barcelona passa segundo tempo acuado, mas fatura a Copa do Rei no tempo-extra com gol de Neymar e assistências de Messi. Suárez sai lesionado e preocupa para a Copa América

RESUMÃO

O JOGO 

O Barcelona iniciou a temporada em agosto vencendo o Sevilla, na decisão da Supercopa da Europa, e terminou neste domingo ganhando mais um título sobre o mesmo rival. É bem verdade que o time de Luis Enrique viu o adversário quase roubá-lo a Copa do Rei, após jogar praticamente todo o segundo tempo com um a menos (Mascherano foi expulso pouco antes do intervalo). Só que cresceu com o vermelho recebido por Banega e, depois do 0 a 0 no tempo normal, decidiu na prorrogação: 2 a 0 com gols de Jordi Alba e Neymar em assistências de Messi.

REINADO CATALÃO

Com o bicampeonato da Copa do Rei, o Barça ganha folga como maior vencedor do campeonato, com 28 conquistas. O Athletic Bilbao é o segundo da lista, com 23 canecos, e o Real aparece em terceiro, com 19. Além disso, fecha a temporada com quatro títulos: Copa do Rei, Campeonato Espanhol, Mundial de Clubes e Supercopa da Europa. Já o bravo Sevilla se despede com a Liga Europa como consolo.

O CHORO DO GOLEADOR

Mas nem tudo foi festa para o Barça. Após esticar a perna para ficar com a bola, Suárez sentiu a coxa e deixou o gramado sem mal conseguir colocar o pé direito no chão, aos dez minutos da segunda etapa. Depois, não segurou as lágrimas. Apesar de o Barcelona ter encerrado a temporada neste domingo, o artilheiro desde já preocupa para a Copa América Centenário, em julho, nos EUA.

A DUPLA MN

Com o artilheiro do time na temporada fora de combate, Messi e Neymar decidiram quando foram chamados. Demoraram, é verdade, mas resolveram. Ainda no tempo normal, o brasileiro causou a expulsão de Banega no apagar das luzes da segunda etapa, o que equilibrou o jogo. Na prorrogação, o argentino brilhou com duas assistências primorosas. Primeiro, deixou Jordi Alba na cara do goleiro e depois serviu o próprio Neymar para fechar a conta.

O VACILO DO SEVILLA

O trabalho do time de Unai Emeryneste domingo não pode ser desmerecido, assim como a atuação da defesa do Barcelona na segunda etapa. Com a expulsão de Mascherano antes do intervalo, o campeão da Liga Europa mandou e desmandou no segundo tempo. Faltou fazer o gol, “detalhe” que custou o sexto título do clube na Liga Europa. Com equilíbrio numérico na prorrogação, o Barça foi superior.

MANIFESTAÇÃO CATALÃ EM MADRI

Após serem vetadas da final - e depois liberadas -, as bandeiras "esteladas" foram exibidas aos montes pela torcida do Barcelona no Calderón. Elas se tornaram um símbolo da luta a favor da independência da Catalunha e, com a alegação de que o futebol não deve ser cenário para manifestações políticas, o governo de Madri as proibiu. Os catalães protestaram, pedindo “liberdade de expressão, e a medida foi revogada.

Visualizações 731
Fonte: Globo Esporte
Por: Antonio Delvair Zaneti
Data: 23/05/2016 00h36min

| 1 | 2 | 3 | 4 | próxima > última >>

Página 1 de 2403 página(s)

1
2
3
4
5
6
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21

| 1 | 2 | 3 | 4 | próxima > última >>

Página 1 de 2403 página(s)