:Verdão perde para suas lesões e é eliminado pelo Ituano no Pacaembu

Verdão perde para suas lesões e é eliminado pelo Ituano no Pacaembu - TV Na Rua CornelioDigital Verdão perde para suas lesões e é eliminado pelo Ituano no Pacaembu - TVNaRua Cornelio Digital - Notícias, Eventos e Entretenimento
Verdão perde para suas lesões e é eliminado pelo Ituano no Pacaembu

O Palmeiras passou os primeiros meses de seu centenário exaltando o elenco de qualidade que montou para 2014. Neste domingo, a teoria se comprovou errada. Por lesão, Valdivia começou o jogo no banco e Alan Kardec e Fernando Prass tiveram que ser sacados. Os substitutos não foram suficientes. O clube acumula mais uma frustração: perdeu por 1 a 0 para o Ituano no Pacaembu lotado.

O roteiro que colocou o time do interior no caminho do Santos na decisão do Campeonato Paulista começou com a informa

ção de que Valdivia foi vetado no vestiário. Alan Kardec saiu durante o primeiro tempo e Fernando Prass, no intervalo. No desespero, o Verdão foi à frente e não havia ninguém para evitar que Marcelinho fizesse o gol da partida, aos 38 minutos do segundo tempo.

Ao Palmeiras, resta a Copa do Brasil, pela qual o time recebe o Vilhena na quarta-feira, no Pacaembu, podendo empatar para chegar à segunda fase. Já o Ituano faz o papel que o Verdão queria, enfrentando o Santos nas duas finais do Estadual.

O jogo – De acordo com o Palmeiras, um teste nos vestiários, no momento do aquecimento, tirou seu jogador mais caro da partida única da semifinal. Gilson Kleina, contudo, já tinha treinado com Mendieta no lugar de Valdivia na atividade secreta de sábado. Assim como a entrada de Wellington na zaga, repassando Tiago Alves para substituir Wendel na lateral direita e mantendo Marcelo Oliveira no meio-campo.

Como diante do Bragantino, a aposta era em Wesley pelos lados, até liberando mais Juninho pela esquerda. O segredo na saída de bola eram os avanços de Marcelo Oliveira para encontrar Mendieta ou Bruno César. O problema, mais uma vez, era a falta de mobilidade de Leandro na ajuda para Alan Kardec finalizar.

O Ituano, por sua vez, fez o que se esperava. Aproximou suas linhas e, quando as espalhava para preencher os espaços na intermediária, tinha quatro ou cinco jogadores na defesa para bloquear, inclusive, as descidas pelas laterais. Na frente, Wesley era pressionado e foi questão de tempo para Marcelo Oliveira se tornar insuficiente na chegada da bola ao ataque.

O Verdão entendeu que seria necessário ter paciência para entrar na melhor defesa do Paulista, como já previa. Foi o que fez. Assustou em bolas paradas e, com ela rolando, a tocava até que alguém ficasse livre. Assim, Wesley parou em Vagner, aos 16 minutos do primeiro tempo, aproveitando jogada de Mendieta.

O paraguaio, substituto de Valdivia, mostrou qualidade para circular nos poucos espaços deixados pelo Ituano. Aos 23 minutos, criou a melhor chance da etapa inicial. Com perfeição, deixou Leandro na cara do goleiro. Em péssima fase, o artilheiro do time no ano passado não soube superar Vagner.

A partir dali, a torcida passou a alternar tensão e irritação, da mesma forma que o time. Para aumentar o sorriso dos jogadores do Ituano, Alan Kardec teve que ser sacado aos 41 minutos do primeiro tempo. Cerca de dez minutos antes, tinha levado uma joelhada na coxa esquerda que não o permitiu continuar em campo nem no sacrifício. Por isso, Vinicius saiu do banco de reservas.

A fé do Ituano em chegar à final já tinha aumentado aos 29 minutos, quando Rafael Silva teve espaço na intermediária para preparar e soltar a bomba. Fernando Prass se esticou para salvar o Palmeiras e, na sequência, ficar mancando. O goleiro reclamava de dores no pé direito desde os últimos treinos e o primeiro tempo aumentou o incômodo.

Na volta do intervalo, o Palmeiras, que já não tinha Valdivia, seu jogador mais caro e talentoso, e Alan Kardec, seu artilheiro, apareceu sem Fernando Prass. O goleiro, um dos principais nomes da campanha do time, foi trocado por Bruno, que, apesar de não contar com a confiança da torcida, ouviu quase o Pacaembu inteiro gritar seu nome.

O Verdão mostrou que não estava disposto a lamentar por seus desfalques. Foi à frente com quem estava em campo, com vontade e força para impor seu ritmo. Em menos de cinco minutos, essa condição foi provada em chute de Mendieta rente à trave e cabeçada de Marcelo Oliveira que obrigou o goleiro Vagner a executar boa defesa mais uma vez.

A ânsia de ir para frente deixava espaços que o Ituano aprendeu a usar em contra-ataques. Rafael Silva, mais uma vez, levou perigo. E Bruno, aos nove minutos, mostrou que pode substituir Prass, defendendo com a ponta dos dedos. A partir desse lance, Wellington fixou posição com Lúcio e Marcelo Oliveira não se intimidou a virar terceiro ou quarto zagueiro, já que Tiago Alves pouco subia.

Caberia aos jogadores da frente decidir. Ciente disso, a torcida pediu Valdivia, aos 22 minutos, e, segundos depois, Gilson Kleina o chamou. A entrada do chileno no lugar de Mendieta, na última substituição possível do Palmeiras na partida, foi comemorada como um gol pelos palmeirenses que misturavam ansiedade e esperança nas arquibancadas.

A entrada de Valdivia mostrou que Vinicius continua tomando decisões erradas ao finalizar seus lances. Em cinco minutos em campo, além de verticalizar mais as jogadas do time, o chileno conseguiu levar cartão amarelo por acertar o volante Josa com o braço, recebendo a sua terceira advertência.

Mas, para ter Valdivia como desfalque na final, o Verdão precisaria se classificar. E foi tentando. Wesley, aos 32, foi mais um a parar no goleiro Vagner, que salvou seu time em cruzamento de Tiago Alves em direção a Leandro, pouco depois. Um retrato do esquema 4-0-6 do Verdão, com Tiago Alves, Lúcio, Wellington e Marcelo Oliveira como zagueiros que, ao pegar a bola, logo a chutavam em busca de Valdivia.

A estratégia, por sua vez, poderia dar errado sem marcação na cabeça de área. Foi dali que o Ituano frustrou o maior publico palmeirense no centenário. Aos 38 minutos, Marcelinho aproveitou rebote de Lúcio para bater seco, rasteiro, no canto esquerdo do goleiro Bruno, que nada pôde fazer além de lamentar como os torcedores nas ar.

Visualizações 787
Fonte: Gazeta Esportiva
Por: Antonio Delvair Zaneti
Data: 31/03/2014 09h56min

« anteriorpróximo »

« anterior [1]  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14  15  16  17  18  19  20  21  22  23  24  25  26  27  28  29  30  31  32  33  34  35  36  37  38  39  40  41  42  43  44  45  46  47  48  49  50  51  52  53  54  55  56  57  58  59  60  61  62  63  64  65  66  67  68  69  70  71  72  73  74  75  76  77  78  79  80  81  82  83  84  85  86  87  88  89  90  91  92  93  94  95  96  97  98  99  100  101  102  103  104  105  106  107  108  109  110  111  112  113  114  115  116  117  118  119  120  121  122  123  124  125  126  127  128  129  130  131  132  133  134  135  136  137  138  139  140  141  142  143  144  145  146  147  148  149  150  151  152  153  154  155  156  157  158  159  160  161  162  163  164  165  166  167  168  169  170  171  172  173  174  175  176  177  178  179  180  181  182  183  184  185  186  187  188  189  190  191  192  193  194  195  196  197  198  199  200  201  202  203  204  205  206  207  208  209  210  211  212  213  214  215  216  217  218  219  220  221  222  223  224  225  226  227  228  229  230  231  232  233  234  235  236  237  238  239  240  241  242  243  244  245  246  247  248  249  250  251  252  253  254  255  256  257  258  259  260  261  262  263  264  265  266  267  268  269  270  271  272  273  274  275  276  277  278  279  280  281  282  283  284  285  286  287  288  289  290  291  292  293  294  295  296  297  298  299  300  301  302  303  304  305  306  307  308  309  310  311  312  313  314  315  316  317  318  319  320  321  322  323  324  325  326  327  328  329  330  331  332  333  334  335  336  337  338  339  340  341  342  343  344  345  346  347  348  349  350  351  352  353  354  355  356  357  358  359  360  361  362  363  364  365  366  367  368  369  370  371  372  373  374  375  376  377  378  379  380  381  382  383  384  385  386  387  388  389  390  391  392  393  394  395  396  397  398  399  400  401  402  403  404  405  406  407  408  409  410  411  412  413  414  415  416  417  418  419  420  421  422  423  424  425  426  427  428  429  430  431  432  433  434  435  436  437  438  439  440  441  442  443  444  445  446  447  448  449  450  451  452  453  454  455  456  457  458  459  460  461  462  463  464  465  466  467  468  469  470  471  472  473  474  475  476  477  478  479  480  481  482  483  484  485  486  487  488  489  490  491  492  493  494  495  496  497  498  499  500  501  502  503  504  505  506  507  508  509  510  511  512  513  514  515  516  517  518  519  520  521  522  523  524  525  526  527  528  529  530  531  532  533  534  535  536  537  538  539  540  541  542  543  544  545  546  547  548  549  550  551  552  553  554  555  556  557  558  559  560  561  562  563  564  565  566  567  568  569  570  571  572  573  574  575  576  577  578  579  580  581  582  583  584  585  586  587  588  589  590  591  592  593  594  595  596  597  598  599  600  601  602  603  604  605  606  607  608  609  610  611  612  613  614  615  616  617  618  619  620  621  622  623  624  625  626  627  628  629  630  631  632  633  634  635  636  637  638  639  640  641  642  643  644  645  646  647  648  649  650  651  652  653  654  655  656  657  658  659  660  661  662  663  664  665  666  667  668  669  670  671  672  673  674  675  676  677  678 próximo »


Hospital do Câncer de Londrina


CONTATO
contato@nossoclick.com
antonio.zaneti@gmail.com
(43)99920-1893



TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2007 - 2014