:Neymar perde prêmio de gol mais bonito do ano para "azarão " e fica sem o bicampeonato

Neymar perde prêmio de gol mais bonito do ano para "azarão " e fica sem o bicampeonato - TV Na Rua CornelioDigital Neymar perde prêmio de gol mais bonito do ano para "azarão " e fica sem o bicampeonato - TVNaRua Cornelio Digital - Notícias, Eventos e Entretenimento
Neymar perde prêmio de gol mais bonito do ano para  "azarão " e fica sem o bicampeonato

O atacante brasileiro Neymar desperdiçou a chance de faturar pela segunda vez o Prêmio Puskas, de gol mais bonito do ano,e iniciar com o pé direito a temporada 2013. Ele perdeu o troféu para o o eslovaco Miroslav Stoch, do Fenerbahce. O colombiano Falcao Garcia, do Atlético de Madri, foi o segundo colocado na eleição. Neymar terminou em terceiro lugar na premiação realizada nesta segunda-feira pela Fifa em Zurique, na Suíça.

Neymar foi um dos três mais votados no site da Fifa por ter marcado o gol contra o Inter, pela primeira fase da Libertadores do ano passado, na Vila Belmiro. Na oportunidade, o santista arrancou de antes do meio de campo, fez fila nos adversários e tocou na saída do goleiro Muriel. Em 2012, ele ganhou o prêmio pelo golaço marcado diante do Flamengo no Campeonato Brasileiro de 2011.

O prêmio serviria de consolo para o principal jogador da seleção brasileira na atualidade, já que Neymar não conseguiu estar entre os três finalistas para o troféu de melhor do mundo. O argentino Messi, do Barcelona, ficou com o prêmio de melhor da temporada pelo quarto ano consecutivo. 

Na disputa pelo gol mais bonito, Stoch corria por fora contra os favoritos sul-americanos Neymar e Falcao Garcia, mas levou o prêmio. Ele subiu ao palco para agradecer. "Gostaria de agradecer a todos que votaram em mim, é uma honra estar aqui".

Visualizações 1274
Fonte: UOL
Por: Antonio Delvair Zaneti
Data: 07/01/2013 17h18min

| 1 | 2 | 3 | 4 | próxima > última >>

Página 1 de 2403 página(s)

1
2
3
4
5
6
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21

| 1 | 2 | 3 | 4 | próxima > última >>

Página 1 de 2403 página(s)