:"UFC no Brasil quebrará preconceitos", dispara Shogun

"UFC no Brasil quebrará preconceitos", dispara Shogun - TV Na Rua CornelioDigital "UFC no Brasil quebrará preconceitos", dispara Shogun - TVNaRua Cornelio Digital - Notícias, Eventos e Entretenimento
"UFC no Brasil quebrará preconceitos", dispara Shogun

Após ser castigado pelo norte-americano Jon Jones, no UFC 128, que culminou na perda do cinturão dos pesos meio pesados, Maurício ‘Shogun’ Rua, de 29 anos, retornará ao octógono para enfrentar Forrest Griffin, no UFC 134, no Rio de Janeiro, no dia 27 de agosto.

Em entrevista exclusiva ao Bonde, o único representante paranaense no card principal do evento, enfatizou que a iniciativa quebrará preconceitos com relação ao esporte denominado Mixed Martial Arts (MMA).

"Acho que esse evento vai marcar época aqui no Brasil e quebrar muitos preconceitos. Representar meu país, meu estado e minha cidade nesse evento tem um significado muito especial. Quem for ao evento, ou assistir ao vivo na TV, com certeza vai adorar e se apaixonar por esse esporte que a gente já ama há tanto tempo", ratificou.

Shogun avaliou que o crescimento da modalidade e o aumento de adeptos no Brasil se devem aos excelentes resultados que os brasileiros conquistaram no Pride e no UFC. "Os ídolos são a base de tudo. O tênis no Brasil, por exemplo, cresceu muito com o Guga, e infelizmente perdeu espaço sem ele. Temos grandes lutadores no Brasil, então a tendência natural é do esporte crescer por aqui, se tiver o apoio da mídia, que agora está se tornando realidade à medida que os preconceitos estão sendo quebrados", decretou.

O lutador acredita ainda que após o UFC Rio, os números de patrocinadores crescerão. "Infelizmente o esporte no Brasil ainda é muito carente de apoio, e o esporte de luta então nem se fala. No começo da carreira os apoios eram raríssimos e às vezes as pessoas torciam o nariz", revelou.

"Lembro que quando você ia conhecer o sogro e ele sabia que era lutador, já fechava a cara (risos). Hoje isso mudou, tanto que meu sogro e minha sogra acho que são meus maiores fãs (risos), é muito bacana ver o reconhecimento chegando e como o esporte cresceu".

TREINO – Depois de perder o cinturão, Shogun se mudou para Huntington Beach, na Califórnia-EUA, para treinar com o mestre brasileiro Rafael Cordeiro, seu primeiro treinador no MMA.

"Sempre a próxima luta é a mais importante da nossa carreira, e um atleta de MMA vive de vitórias. Meu grande sonho é reconquistar o cinturão, no entanto, eu procuro não ficar pensando no que pode vir pela frente depois do Forrest Griffin, ele é um grande atleta e essa luta é muito importante, merece todo meu foco e respeito", salientou.

Há pouco mais de um mês para o duelo, o curitibano revelou seu cotidiano de treinos e sua alimentação. "Nesse período de preparação, que a gente chama de ‘Camp’, eu treino normalmente de segunda a sábado, entre duas a três vezes por dia, dependendo do planejamento e da programação que é montada. A minha dieta não é rigorosa, a gente procura evitar doces, gorduras em excesso, refrigerantes e afins. Quando vai chegando mais perto da luta, umas duas semanas antes, a dieta fica mais rigorosa pra então bater o peso de 93 kg".

Visualizações 732
Fonte: Bonde
Por: Antonio Delvair Zaneti
Data: 22/07/2011 11h16min

« anteriorpróximo »
Hospital do Câncer de Londrina


CONTATO
contato@nossoclick.com
antonio.zaneti@gmail.com
(43)99920-1893



TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2007 - 2014