:Lula recebe faixa de catadora e chora ao falar de desigualdade

Lula recebe faixa de catadora e chora ao falar de desigualdade - TV Na Rua CornelioDigital Lula recebe faixa de catadora e chora ao falar de desigualdade - TVNaRua Cornelio Digital - Notícias, Eventos e Entretenimento
Lula recebe faixa de catadora e chora ao falar de desigualdade

Lula recebe faixa de catadora e chora ao falar de desigualdade

O presidente discursou hoje após ter a faixa passada por uma catadora representando o povo brasileiro. O ato simbólico, tradicionalmente feito pelo ex-governante para o atual, ocorreu ao som de "Amanhã", de Guilherme Arantes.

Lula se emocionou durante o discurso ao falar de fome e desigualdade e precisou parar, beber água e enxugar as lágrimas antes de seguir o pronunciamento.

Nesses últimos anos o Brasil voltou a ser um dos países mais desiguais do mundo. Há muito tempo não víamos tamanho abandono e desalento nas ruas. Mães garimpando o lixo em busca de alimento para seus filhos. Famílias inteiras dormindo ao relento, enfrentando o frio, a chuva e o medo. Crianças vendendo bala ou pedindo esmola quando deveriam estar na escola vivendo plenamente a infância que tem direito. Trabalhadores e trabalhadoras desempregados, exibindo nos semáforos cartazes de papelão com a frase que nos envergonha a todos: "Por favor, me ajuda "Lula em discurso

O petista foi aplaudido e retomou o pronunciamento, tratando de "desigualdade de renda, desigualdade de gênero e de raça, desigualdade no mercado de trabalho, na representação política, nas carreiras do Estado, desigualdade no acesso à saúde, a educação e demais serviços públicos".

Não adianta subir o vidro do automóvel de luxo para não ver nossos irmãos que se amontoam debaixo dos viadutos, carentes de tudo. A realidade salta aos olhos em cada esquina

Minhas queridas companheiras e meus queridos companheiros, reassumo o compromisso de cuidar de todos os brasileiros e brasileiras, sobretudo daqueles que mais necessitam, de acabar outra vez com a fome neste país, de tirar o pobre da fila do osso para colocá-lo novamente no orçamento da União

  • Lula repudiou racismo: "Minhas amigas e meus amigos, é inaceitável que continuemos a conviver com o preconceito, a discriminação e o racismo".
  • Presidente falou sobre saúde: "Quero aproveitar para fazer um agradecimento especial aos profissionais do SUS (Sistema Único de Saúde) pela grandiosidade do trabalho durante a pandemia, enfrentado bravamente um vírus, um vírus letal e um governo irresponsável e desumano".

Passagem de faixa. Como Jair Bolsonaro deixou o país antes da posse de Lula, a equipe do novo presidente optou por uma solução criativa e para representar o povo brasileiro.

Antes de chegar ao petista, o item passou pelas mãos do cacique Raoni, de uma criança negra, um metalúrgico e outros quatro representantes da sociedade.

Quem é a catadora que deu faixa a Lula?

Aline Sousa, de 33 anos, é catadora desde os 14 anos e segue na mesma cooperativa que sua mãe e vó trabalharam.

  • Em 2012, foi eleita diretora secretária da rede CENTCOOP-DF (Central das Cooperativas de Trabalho de Catadores de Materiais Recicláveis do Distrito Federal);
  • Atualmente é responsável pela Secretaria Nacional da Mulher e Juventude da Unicatadores;
  • Beneficiária do programa Minha Casa Minha Vida, lançado por Lula.

Quem são as outras pessoas que passaram a faixa?

  • Cacique Raoni;
  • Flávio Pereira, artesão e participante da vigília enquanto Lula estava preso;
  • Francisco, criança de 10 anos;
  • Jucimara Fausto dos Santos, cozinheira;
  • Ivan Baron, influenciador que fala sobre o direito da pessoa com deficiência;
  • Murilo de Quadro Jesus, professor;
  • Weslley Viesba Rodrigues Rocha, metalúrgico.

Veja o discurso completo

''

Visualizações 18
Fonte: UOL
Por: Redao
Data: 01/01/2023 18h17min

Hospital do Câncer de Londrina


CONTATO
contato@nossoclick.com
antonio.zaneti@gmail.com
(43)99920-1893



TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2007 - 2014