:Felipe Conceição não resiste à eliminação na Copa do Brasil e é demitido pelo Cruzeiro

Felipe Conceição não resiste à eliminação na Copa do Brasil e é demitido pelo Cruzeiro - TV Na Rua CornelioDigital Felipe Conceição não resiste à eliminação na Copa do Brasil e é demitido pelo Cruzeiro - TVNaRua Cornelio Digital - Notícias, Eventos e Entretenimento
Felipe Conceição não resiste à eliminação na Copa do Brasil e é demitido pelo Cruzeiro

Felipe Conceição não resiste à eliminação na Copa do Brasil e é demitido pelo Cruzeiro

Saída da Copa do Brasil para o Juazeirense, nos pênaltis, custou o emprego do treinador

Felipe Conceição não é mais técnico do Cruzeiro. A demissão do treinador foi anunciada pelo presidente do clube, Sérgio Santos Rodrigues, na noite desta quarta-feira, logo após a eliminação do time para o Juazeirense, na terceira fase da Copa do Brasil. Mozart é o primeiro nome na lista cruzeirense para ser o substituto.

- Tenho que pedir desculpas à torcida do Cruzeiro. É inadmissível que seja eliminado da Copa do Brasil. Claro que existem diversas adversidades, com outras coisa. Temos que corrigir o rumo, no começo, enquanto tem tempo. Conversamos com o Felipe e demos a descontinuidade dele. Agradeço ao Felipe, pelas conversas, mas, infelizmente, a performance não era a esperada. Time da grandeza não pode estar assim - disse o presidente do Cruzeiro.

Sérgio Santos Rodrigues ressaltou as desculpas à torcida do Cruzeiro e disse que já trabalha, junto do diretor de futebol, Rodrigo Pastana, no novo nome.

- A gente agora já está conversando com nosso executivo, do que fazer melhor daqui para frente. Conversamos com o grupo. Pedindo o apoio de todo mundo e reiterando minha desculpas à torcida. Pode ter certeza que vamos trabalhar muito para corrigir nossa rota e trabalhar para chegar nosso objetivo final. Pela terceira vez, meu pedido de desculpas. Confiem que vamos buscar o melhor para vocês.

A passagem de Felipe Conceição

Felipe Conceição chegou ao Cruzeiro no fim de janeiro, após treinar o Guarani na Série B de 2020. Ele comandou a Raposa em 19 partidas, com um retrospecto de oito vitórias, três empates e oito derrotas (aproveitamento de 47,3%).

O mau momento pesou na queda do treinador, mas não foi o único elemento para a saída. O desgaste com o elenco cruzeirense, principalmente com alguns "medalhões" acabaram dificultando a condução da gestão do elenco.

Para piorar, o time ainda emendou uma eliminação no Campeonato Mineiro, a lanterna da Série B, após duas derrotas, e ainda a eliminação na Copa do Brasil para a Juazeirense, equipe que disputa a Série D do Brasileiro.

''

Visualizações 864
Fonte: Globo Esporte
Por: Redao
Data: 10/06/2021 23h50min

Hospital do Câncer de Londrina


CONTATO
contato@nossoclick.com
antonio.zaneti@gmail.com
(43)99920-1893



TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2007 - 2014