:Miliciano rival de Zinho acaba de ser morto em operação da polícia na Baixada Fluminense

Miliciano rival de Zinho acaba de ser morto em operação da polícia na Baixada Fluminense - TV Na Rua CornelioDigital Miliciano rival de Zinho acaba de ser morto em operação da polícia na Baixada Fluminense - TVNaRua Cornelio Digital - Notícias, Eventos e Entretenimento
Miliciano rival de Zinho acaba de ser morto em operação da polícia na Baixada Fluminense

Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

O miliciano Tauã de Oliveira Francisco, 25 anos, conhecido como Tubarão e rival de Luís Antônio da Silva Braga, o Zinho, foi baleado e faleceu nesta terça-feira (6) durante uma operação da Polícia Civil em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

O confronto ocorreu na Rua Dona Zica, no bairro Ponto Chic, uma das áreas em que o miliciano atuava. Tubarão foi levado para o Hospital da Posse, mas, conforme a direção da unidade de saúde, chegou ao local já sem vida.

De acordo com as investigações, o criminoso liderava um grupo paramilitar ativo em Seropédica e parte de Nova Iguaçu.

Tubarão era um dos oponentes de Luiz Antônio da Silva Braga, o Zinho, chefe da principal milícia atuante no Rio, que está detido desde dezembro, quando se entregou à Polícia Federal.

Em outubro, um vídeo divulgado nas redes sociais mostrou o momento em que Tauã celebrou a morte de Matheus da Silva Rezende, conhecido como Faustão ou Teteus, sobrinho de Zinho. Nas imagens, fogos de artifício foram vistos sendo disparados em Seropédica.

O confronto ocorreu durante uma operação conjunta envolvendo a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), da Secretaria de Inteligência (SSinte), a 27ª DP (Vicente de Carvalho) e a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), com o objetivo de capturar o criminoso.

Até dezembro de 2022, Tubarão fazia parte da milícia de Zinho. Em janeiro de 2023, ele invadiu a localidade do KM 32 da antiga Estrada Rio-São Paulo, controlada pela milícia de Zinho, expandindo seu domínio para Nova Iguaçu. Milicianos rivais foram eliminados pela quadrilha de Tubarão.

A partir desse momento, conforme a polícia, os confrontos na região entre as milícias de Zinho e Tubarão intensificaram-se, contando com a colaboração de traficantes do Terceiro Comando Puro (TCP) em alguns embates contra o antigo líder.

Na segunda-feira (5), três suspeitos ligados à milícia de Tubarão foram detidos após um tiroteio com agentes da 27ª DP (Vicente de Carvalho) em Seropédica. Outras duas pessoas foram levadas para a delegacia para prestar depoimento e posteriormente liberadas.

Dois policiais civis ficaram feridos por estilhaços durante o confronto. No decorrer da operação, foram apreendidos um fuzil, duas pistolas, carregadores e munições, além de roupas camufladas.

Visualizações 245
Fonte: G1
Por: Redação
Data: 06/02/2024 11h40min

Hospital do Câncer de Londrina


CONTATO
[email protected]
[email protected]
(43)99920-1893



TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2006 - 2023