:Sociedade Rural do Paraná entrega à deputados pedido para melhorias em infraestrutura

Sociedade Rural do Paraná entrega à deputados pedido para melhorias em infraestrutura - TV Na Rua CornelioDigital Sociedade Rural do Paraná entrega à deputados pedido para melhorias em infraestrutura - TVNaRua Cornelio Digital - Notícias, Eventos e Entretenimento
Sociedade Rural do Paraná entrega à deputados pedido para melhorias em infraestrutura

O presidente da Sociedade Rural do Paraná (SRP), Marcelo El-Kadre, e o presidente da Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL), Angelo Pamplona, entregaram um relatório com várias demandas viárias e de infraestrutura para o melhor desenvolvimento da região norte do Paraná, aos deputados paranaenses, durante sessão itinerante da Assembleia Legislativa, ocorrida nesta quinta-feira (13), na ExpoLondrina. Esta foi a primeira vez que deputados realizaram uma sessão fora da capital.

“A SRP representa a vontade e necessidades que o povo pleiteia do Governo do Estado. Repasso nossas reivindicações a vocês e que elas cheguem até o nosso governador. Tenho certeza que serão atendidas, porque são necessidades para o nosso desenvolvimento”, enfatizou o presidente da SRP, Marcelo Janene El-Kadre.

Entre as reivindicações, as entidades de classe pedem a construção de um viaduto na BR-369 (na altura do antigo Grêmio Londrina), construção do viaduto na Estrada da Esperança, em Cambé, construção de trincheira na PR-444, em Arapongas, duplicação da PR-445 entre Londrina a Bela Vista do Paraíso, duplicação da PR-170, entre Rolândia a Centenário do Sul, duplicação da PR-323, entre Cambé e Primeiro de Maio. 

As obras viárias estão num documento de reivindicações de entidades representativas entregue ao governador Ratinho Junior (PSD) durante a abertura da ExpoLondrina. A SRP é signatária do documento ao lado da Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL), Clube de Engenharia e Arquitetura de Londrina (CEAL), Sinduscon Norte, Sindimetal Londrina, Grupo Folha de Comunicação, Associação das Empresas do Polo Industrial de Cambé (AEPIC), Associação Médica de Londrina, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB Londrina), Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) e ATT Logística.

“Recebo essas reivindicações em nome da região norte e de Londrina. Eu quero dizer à sociedade que isso vai se transformar num pleito da Assembleia Legislativa, para abraçar aquilo que vocês sonham e desejam”, disse o presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano (PSD). 

“É por isso apresentamos essa proposta (da sessão itinerante), para que a Assembleia ficasse mais perto da população, para dar ao cidadão ou a entidade, uma oportunidade de se manifestar. Nos últimos quatro anos, devolver mais de R$ 1 bilhão ao poder Executivo, economia dos próprios deputados, e lançamos um grande programa de pavimentação para atender município com até 7 mil habitantes”, comentou o vice-presidente, deputado Alexandre Curi (PSD).

A mesa executiva também recebeu outras demandas durante a sessão itinerante. Entre elas estão a destinação de recursos para obras de pavimentação de cidades da região norte, a suspensão de medidas que taxam o agronegócio, o pedido de apoio para instalação da Procuradoria da Mulher na Câmara Municipal de Londrina, a criação de políticas de acesso e permanência estudantil, além da a intermediação de novos recursos para a retomada e conclusão de obras paradas durante a pandemia.

“Endosso essa fila de pedidos para fortalecer ainda mais Londrina. Os senhores estão aqui para estreitar laços com a cidade, porque são os senhores que trazem recursos e são procurados para que progressos sejam repassados para a cidade”, disse o presidente da Câmara de Londrina, Emanuel Gomes (Republicanos).

Durante a sessão itinerante, o londrinense e deputado estadual Tercílio Turini (PSD) pediu a palavra. Ele anunciou que também estaria protocolando pedido ao governo para implantação junto ao governo um projeto de execução de um contorno rodoviário na zona leste de Londrina. “A segunda maior cidade do Paraná não tem contorno rodoviário. O motorista que tenta se deslocar de Ibiporã para Arapongas tem que cruzar Londrina inteira. Então, se dentro da mega concessão do pedágio, tem dois contornos viários propostos em Ponta Grossa que vão custar quase R$ 1 bilhão, por que não incluir um contorno em Londrina?”, questionou.

“Vocês apresentam a modernização da Assembleia Legislativa do Paraná, pessoas que promoveram informatização, interiorização e aproximação com a população. Estão de parabéns”, comentou o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati (PP).

A proposta da Assembleia é realizar outras sessões itinerantes em cidades de grande porte paranaense.

Crédito da fotografia: Dayanne Rebecchi 

Visualizações 42
Fonte: Expo Londrina
Por: Reda��o
Data: 15/04/2023 23h21min

Hospital do Câncer de Londrina


CONTATO
[email protected]
[email protected]
(43)99920-1893



TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2006 - 2023