:PEDIDO DE AGILIDADE Estacionamento rotativo e segurança são temas de reunião em IbiporãFISCALIZAÇÃO CMTU recebe 150 reclamações diárias sobre trânsito

PEDIDO DE AGILIDADE Estacionamento rotativo e segurança são temas de reunião em IbiporãFISCALIZAÇÃO CMTU recebe 150 reclamações diárias sobre trânsito - TV Na Rua CornelioDigital PEDIDO DE AGILIDADE Estacionamento rotativo e segurança são temas de reunião em IbiporãFISCALIZAÇÃO CMTU recebe 150 reclamações diárias sobre trânsito - TVNaRua Cornelio Digital - Notícias, Eventos e Entretenimento
PEDIDO DE AGILIDADE Estacionamento rotativo e segurança são temas de reunião em IbiporãFISCALIZAÇÃO CMTU recebe 150 reclamações diárias sobre trânsito

O excesso de velocidade é a infração campeã na cidade; radares fixos são responsáveis pela maioria dos registros

Por dia, a CMTU (Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização) recebe 150 ligações da população a respeito de irregularidades no trânsito de Londrina. Segundo a companhia, são reclamações a respeito de veículos estacionados em local proibido ou irregular e excesso de velocidade. "Não conseguimos estar em todos os lugares, mas essas informações são uma forma de direcionarmos nossas atividades de fiscalização. O feedback da população é muito importante e, por isso, lançamos também uma campanha na rede social", comenta o coronel Pedro Ramos, diretor de Trânsito da CMTU. 
Na página do Facebook da companhia foram postadas algumas imagens flagradas pela população de irregularidades no trânsito de Londrina. "A ação tem caráter educativo e o objetivo não é expor o infrator (a), sendo que eles não são identificados nas imagens. A intenção é mostrar que as infrações são constantes", afirma o diretor. As imagens vêm acompanhadas de legendas, como "Na calçada rapidinho? Mas...e o pedestre (na foto de um motorista que parou na calçada, atrapalhando a circulação das pessoas), "Celular pode?" e "Falta de respeito e educação". 

A campanha é um convite para que a população seja também um "agente do trânsito "" enviando fotos e vídeos de maus exemplos nas ruas para o e-mail educacaodetransitolondrina @ gmail.com . A aposentada Aparecida Soncela aprovou a campanha. Ela diz que o londrinense precisa de mais educação no trânsito. "Dirijo todos os dias e cada vez mais vejo desrespeito, pressa. Na avenida Higienópolis, por exemplo, você não pode andar na velocidade exigida pela sinalização porque todo mundo começa a buzinar e te xingar. É horrível", conta. 

O autônomo Renato de Andrade presencia o avanço de sinal e excesso de velocidade a todo momento. "A ideia (da campanha) é bacana, mas acho que os agentes da CMTU também têm que atuar de forma mais educativa, conversando com os motoristas, tendo o bom senso em casos específicos. Me parece que eles só querem mesmo registrar a multa", desabafa. 

Ramos reconhece que a companhia é tida por muitos como a chamada "indústria da multa", justamente pelo volume de autuações geradas. Porém, justifica que essa é uma das razões da ação. "Queremos mostrar que não existe indústria porque as infrações, de fato, acontecem a todo momento", destaca. 

Ele informa que nos seis primeiros meses do ano a companhia municipal registrou mais de 1.700 acidentes na cidade, que vitimizaram cerca de duas mil pessoas. "Deste total, mais de 50 resultaram em óbitos. Quando analisamos esses registros, constatamos que a maioria dos acidentes procedeu de infrações de trânsito, em muitos casos somando duas ou mais, como excesso de velocidade e CNH vencida, por exemplo", afirma. 

Campanha mostra comportamento errado no trânsito e ironiza a chamada

Campanha mostra comportamento errado no trânsito e ironiza a chamada "indústria da multa"

INFRAÇÃO CAMPEà
O excesso de velocidade é a infração campeã de multas em toda a cidade. Para se ter uma ideia, nos últimos seis meses foram mais de 50 mil autos de infração. E os equipamentos eletrônicos (radares fixos) são responsáveis pela maioria dos registros. De acordo com Ramos, as infrações de trânsito somaram cerca de R$ 17 milhões em 2017, que são "devolvidos " ao trânsito para aquisição e implantação de radares, sinalização, pinturas nas vias, manutenção dos semáforos e compra e custeio das viaturas. 

"Em nosso site (http://www.cmtuld.com.br/) tem a informação dos locais onde os radares estão funcionando. Ao todo, são 18 pontos na área urbana e nos próximos 30 dias estimamos ampliar esse número para 22. O estudo técnico está perto de ser concluído e encaminhado para aprovação do Ippul (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina)", diz. Os locais onde os equipamentos serão instalados serão divulgados em breve. 

O diretor lembra que a companhia não pode autuar nenhum condutor (a) com base nas fotos. "As infrações são só legais quando flagradas por agentes de trânsito no momento da infração ou por equipamentos eletrônicos homologados pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia)." 

SERVIÇO - Dúvidas ou reclamações podem se feitas para a CMTU pelo fone (43) 3379-7900

Micaela Orikasa 
Reportagem Local

Visualizações 103
Fonte: Bonde
Por: Redao
Data: 24/08/2018 09h35min


« anterior [1]  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14  15  16  17  18  19  20  21  22  23  24  25  26  27  28  29  30  31  32  33  34  35  36  37  38  39  40  41  42  43  44  45  46  47  48  49  50  51  52  53  54  55  56  57  58  59  60  61  62  63  64  65  66  67  68  69  70  71  72  73  74  75  76  77  78 próximo »


Hospital do Câncer de Londrina


CONTATO
contato@nossoclick.com
antonio.zaneti@gmail.com
(43)99920-1893



TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2007 - 2014