:Prefeitura anuncia obras para tentar trazer jogos do LEC para Londrina

Prefeitura anuncia obras para tentar trazer jogos do LEC para Londrina - Cornelio Digital.com - O Portal da Família


Prefeitura anuncia obras para tentar trazer jogos do LEC para Londrina

Prefeitura anuncia obras para tentar trazer jogos do LEC para Londrina

Prefeito Barbosa Neto (PDT) anunciou nesta segunda-feira investimento de R$ 250 mil para a construção de muro e melhorias estruturais no estádio do Café, que está interditado

A prefeitura de Londrina deve iniciar na terça-feira (23) as ações para tentar trazer os jogos do Londrina Esporte Clube (LEC) para o Estádio do Café. O primeiro passo será a contração de duas empresas, por meio de carta convite, para avaliar as condições das torres de iluminação e a estrutura da cobertura do setor de cadeiras do estádio.

As medidas são respostas aos laudos de vistoria do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e de Vigilância Sanitária, que reprovaram o estádio para a realização de jogos e um aceno ao veto da Federação Paranaense de Futebol (FPF) para tentar a liberação a tempo do jogo de volta contra o time do Uberaba (MG), no dia 10 de março, pela primeira fase da Copa do Brasil.

Os anúncios das obras foram feitas pelo prefeito Barbosa Neto (PDT) em visita na tarde de segunda-feira (22) ao estádio. Ele informou que serão investidos R$ 250 mil no estádio do Café; recursos provenientes do orçamento da Federação de Esportes de Londrina (FEL) e Secretaria de Obras.

A prefeitura também deve fazer melhorias de manutenção, que foram pedidos através do laudo da Vigilância Sanitária, além de fazer um isolamento de torcidas e outras pequenas obras; como substituição de cadeiras, capina e roçagem.

O prefeito Barbosa Neto (PDT) reconheceu que o estádio do Café está em más condições. "Reconheço que o estádio está abandonado. Mas não tínhamos perspectivas de eventos", disse. Muro

Apesar do anúncio de uma “força tarefa” para recuperar o estádio do Café, o principal motivo da proibição dos jogos ainda deve demorar mais de dois meses para ser sanado. O muro de divisão entre o estádio e o autódromo internacional Ayrton Senna com mais de 700 metros de comprimento, que deverá consumir R$ 225 mil dos recursos totais, foi garantido pelo prefeito, mas a conclusão do processo deve ficar para o mês de abril.

O muro, o principal motivo da interdição pela FPF, está previsto ser concluída após a data do jogo contra o Uberaba (MG). Em entrevista, o diretor geral do LEC, Vagner Nunes, disse que ainda espera mandar o jogo no Café. Ele disse não ter um plano B para o caso da reforma não sair a tempo. “Quero jogar no Estádio do Café. Não penso em outra possibilidade.”

A definição do local onde o Londrina mandará os seus jogos já se arrasta há dias. Chegou-se a aventar a possibilidade de o time realizar as partidas no Estádio dos Pássaros, em Arapongas, mas ele logo foi descartado por falta de iluminação. Os jogos acontecem às 21 horas. Outras opções seriam o Bom Jesus da Lapa, em Apucarana, que também está em más condições, e o Waldomiro Wagner, em Paranavaí.

Visualizações 1058
Fonte: Jornal de Londrina
Por: Antonio Delvair Zaneti
Data: 22/02/2010 23h32min