:Mancini se defende por ter poupado jogadores contra CSA

Mancini se defende por ter poupado jogadores contra CSA - Cornelio Digital.com - O Portal da Família


Mancini se defende por ter poupado jogadores contra CSA

O técnico Vágner Mancini se defendeu após o jogo contra o CSA, em que o Santos foi derrotado por 1 a 0 e eliminado na segunda fase da Copa do Brasil. O treinador alvinegro poupou alguns jogadores considerados importantes para a equipe, nos duelos em Maceió e na Vila Belmiro.

No primeiro confronto, no Estádio Rei Pelé em Alagoas, que terminou empatado em 0 a 0, o Peixe não teve Fabiano Eller, Rodrigo Souto e Kléber Pereira. Desta vez, em casa, foi a vez de Fabão, Roberto Brum e Paulo Henrique Lima serem poupados. Kléber Pereira, que na partida de ida nem no banco de reservas havia ficado, começou o jogo entre os suplentes.

"Não me arrependo. Faria tudo de novo. Se tivesse outro jogo em Maceió, faria da mesma forma. Talvez hoje eu faria de outra forma, mas na época, foi tudo pensado. Existem exames que mostram quem está mais ou menos desgastado, testes que detectam quando um atleta está mais perto de estourar", revelou Mancini para justificar a sua opção

O treinador santista aproveitou também para rebater as críticas que recebeu por conta da eliminação. Muitos questionam o fato de Vágner Mancini ter poupado jogadores nos dois confrontos, principalmente fora de casa, quando uma vitória por dois gols de diferença classificaria os santistas às oitavas-de-final da competição.

"Se eu usar o 'se' fica mais fácil de resolver tudo na vida. Muita gente achava que o Santos iria vencer com facilidade, mas o futebol de vez em quando nos prega uma peça", comentou.

O comandante alvinegro também negou que tenha demorado muito para fazer as substituições na equipe. Mancini colocou o meia Paulo Henrique Lima e o atacante Kléber Pereira em campo, com 14 minutos do segundo tempo, após pedidos insistentes da torcida.

"Se eu não alterei a equipe é óbvio que eu achei que não era a hora. Depois, achei que fosse o momento certo. Mas torcedor é muito mais emoção mesmo. O cara que é inteligente sabe que o Santos fez um bom jogo, não foi mal, pois teve nove chances claras de gol. A gente fica chateado, mas tem que entender que há dias em que a bola não entra", encerrou

Visualizações 462
Fonte: Gazeta Esportiva
Por: Antonio Delvair Zaneti
Data: 23/04/2009 10h55min


    

JG FreiosSampei Cozinha ChinesaNoemi LanchesProdutos AlcobaçaBrasilnet Hospital do Câncer de Londrina
CONTATO

contato@nossoclick.com
antonio.zaneti@gmail.com
(43)99920-1893
TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2007 - 2014