:Com show de Washington, Tricolor goleia Mirassol com facilidade no Morumbi

Com show de Washington, Tricolor goleia Mirassol com facilidade no Morumbi - Cornelio Digital.com - O Portal da Família


Com show de Washington, Tricolor goleia Mirassol com facilidade no Morumbi

A dupla formada por Borges e Washington está cada vez mais infernal. Com gols dos dois atacantes, o São Paulo venceu o Mirassol por 5 a 0 com tranquilidade, na noite desta quinta-feira, no Morumbi, pelo Paulistão. O Coração Valente se superou: foram três bolas na rede, a última delas com muita categoria. O resultado recolocou o time no G-4, e deixou o torcedor são-paulino em êxtase.

Com o resultado, o Tricolor, que havia saído provisoriamente da zona de classificação por causa dos resultados da última quarta-feira, voltou e agora está na terceira posição, com 26 pontos. Na próxima rodada, o São Paulo encara o Marília no Morumbi. e o Mirassol recebe o Paulista, só que na terça.


Demora, mas a dupla funciona

O Tricolor, que vinha de duas derrotas no Paulistão (para Santos e Mogi Mirim), foi a campo com força máxima. O técnico Muricy Ramalho escalou o time que venceu o América de Cáli por 3 a 1 na semana passada, na Colômbia, pela Libertadores, determinado a se recuperar no Estadual. Apesar de não precisar fazer a pressão que exerceu sobre os colombianos desde o início na semana passada, o São Paulo criava com facilidade, principalmente por ter Jorge Wagner pensando as jogadas.

 Logo aos dois minutos, Borges obrigou o goleiro Mauro a fazer uma defesa complicada. Aos oito, Jean soltou a bomba sobre o camisa 1 do Mirassol. Três minutos depois, Washington tentou dominar a bola na área e caiu na dividida com Márcio Santos, pedindo pênalti, mas o árbitro mandou seguir.

 Aos 14, André Dias deixou o campo sentindo dores na coxa esquerda, e Muricy precisou colocar Rodrigo em campo. A forma do São Paulo jogar não se alterou. O anfitrião atuava nos espaços deixados pelo Mirassol, que ao contrário da maioria dos times que visitam o Morumbi, jogou até um pouco mais aberto.

 A primeira chance do Mirassol só aconteceu aos 21 minutos, quando Anderson Paim arrancou sozinho para o gol de Rogério Ceni, mas Rodrigo, de carrinho, travou o chute e ajudou o goleiro a fazer a defesa. Depois, o São Paulo seguiu mandando no jogo. E, aos 38, o primeiro gol enfim aconteceu: Jorge Wagner deu um passe perfeito para Borges, que tocou na saída do goleiro Mauro. O primeiro abraço do camisa 17 foi em Washington. Depois no dono do passe.

 Faltava o gol do camisa 9. Ele tentou colocar uma bola no cantinho esquerdo de Mauro, mas mirou para fora. O gol só saiu aos 43. Dessa vez, Junior Cesar arrancou pela esquerda e soltou uma bomba. Mauro espalmou, e Washington, em uma dividida com Márcio Santos, fez o gol "Karatê", tocando na bola pelo alto, como em um golpe de artes marciais: 2 a 0 para o Tricolor.

 

Jorge Wagner amplia, e Washington garante goleada


O São Paulo voltou para o segundo tempo ainda mais tranquilo. Agora o objetivo era só ampliar o placar. Para melhorar a situação do anfitrião, Deleu recebeu o segundo amarelo no jogo e consequentemente o vermelho. O Mirassol ficou com dez em campo.

Estava mais difícil para a equipe de Pintado segurar o dono da casa. Aos quatro, Washington cabeceou pertinho da trave de Mauro. Aos dez, o goleiro espalmou um chute perigoso de Hernanes. Um minuto depois, o camisa 10 fez o zagueiro César tirar a bola de cima da linha do gol, impedindo o terceiro. A pressão tricolor era insuportável.
 

Tanto que aos 14 minutos, o Mirassol não conseguiu aguentar. Hernanes desceu pela direita, cruzou para Jorge Wagner e o camisa 7, de cabeça, fez o terceiro. O visitante não oferecia mais resistência.
 

No São Paulo, ninguém estava satisfeito com os 3 a 0. Todos queriam mais. Principalmente Washington, que resolveu descontar todos as chances perdidas em uma partida. Aos 28, ele marcou mais um: Hernanes cobrou escanteio pela esquerda, Zé Luis cabeceou para o chão e o Coração Valente concluiu, sem chances para Mauro: 4 a 0.
 

Mas tinha mais do camisa 9. Aos 35, a pintura para coroar a noite feliz. Junior Cesar desceu pela esquerda e cruzou quase da linha de fundo. A bola encontrou Washington, que matou no peito com categoria e chutou para o gol, para delírio dos pouco mais de 5 mil torcedores que estavam no Morumbi. A torcida não esqueceu de ovacionar também o lateral-esquerdo, que parece ter resolvido o problema da lateral tricolor. Era noite de festa para os são-paulinos.
 

Ficha técnica: 

SÃO PAULO 5 x 0 MIRASSOL
Rogério Ceni, André Dias (Rodrigo), Renato Silva e Miranda; Zé Luis (Arouca), Jean (Oscar), Hernanes, Jorge Wagner e Junior Cesar; Borges e Washington. Mauro; César, Bruno Aguiar (Danilo) e Márcio Santos; Deleu, Júnior Maranhão, Luciano Sorriso, Roger, Rodrigruinho (Éder) e Anderson Paim; Luís Ricardo.
Técnico: M. Ramalho. Técnico: Pintado.
Gols: Borges, aos 38 minutos, e Washington, aos 43 minutos do primeiro tempo; Jorge Wagner, aos 14 minutos; Washington, aos 28 minutos e aos 35 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Rodriguinho, Deleu (Mirassol); Junior Cesar (São Paulo). Cartão vermelho: Deleu.

Estádio: Morumbi. Data: 12/03/2009. Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral. Auxiliares: Rafael Luiz da Silva e David Botelho Barbosa.

Renda e público: R$ 114.805,00/5.047

Visualizações 566
Fonte: G1
Por: Antonio Delvair Zaneti
Data: 13/03/2009 17h07min


    

JG FreiosSampei Cozinha ChinesaNoemi LanchesProdutos AlcobaçaBrasilnet Hospital do Câncer de Londrina
CONTATO

contato@nossoclick.com
antonio.zaneti@gmail.com
(43)99920-1893
TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2007 - 2014