:Moradores de bairro da região oeste de Londrina sentem a terra tremer

Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo registrou tremor de 0,8 grau da escala Richter, um tremor de baixa intensidade. Registro foi na quarta-feira (1°).

Moradores de bairro da região oeste de Londrina sentem a terra tremer - Cornélio Digital - O Portal de Cornélio Procópio e Região
Moradores de bairro da região oeste de Londrina sentem a terra tremer

Moradores de Londrina relatam tremor na cidade

Moradores da região oeste de Londrina, no norte do Paraná, sentiram a terra tremer na quarta-feira (1°). Segundo o Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP), a magnitude registrada foi de 0,8 grau na escala Richter, um tremor de baixa intensidade.

A aposentada Angelita da Silva, que mora no bairro Santa Rita, percebeu o tremor por conta de um barulho na janela.

“Foi um barulho mais forte do que uma ventania. Os vizinhos do lado e da frente também perceberam o tremor”, relatou.

Angelita da Silva conta que ouviu um barulho na janela (Foto: Reprodução)

Com mais esse registro, já são 15 abalos sísmicos registrados em Londrina desde dezembro de 2015, quando ocorreram os primeiros relatos de moradores. Onze registros ocorreram entre 14 de dezembro de 2015 e 22 de janeiro de 2016, e três em janeiro deste ano. Quatro sismógrafos foram instalados na cidade para analisar e verificar os tremores.

Segundo o Centro de Sismologia da USP, o microtremor desta quarta-feira foi registrado por volta das 20h35, após relatos de moradores. Como a intensidade foi muito baixa, os técnicos da USP afirmam que não deve ser motivo de preocupação.

Outra moradora que sentiu o tremor foi Regina Resende. Segundo ela, a janela da casa dela tremeu por volta das 17h30.

“Abri devagar achando que tivesse caído alguma coisa. Fui lá fora e meu vizinho perguntou se tinha sentido um tremor. Outros vizinhos também saíram e perguntaram a mesma coisa. Foi um forte tremor e parou”, conta.

Regina ainda relata que uma amiga também sentiu a terra tremer na região do Parque Ney Braga, localizado a três quilômetros de distância do bairro.

Moradores de Londrina relatam que a terra tremeu na região oeste

Centro de Sismologia da USP registrou o microtremor em Londrina (Foto: Reprodução/Centro de Sismologia USP)

Centro de Sismologia da USP registrou o microtremor em Londrina (Foto: Reprodução/Centro de Sismologia USP)


Aqui

Visualizações 190
Fonte: G1
Por: Redao
Data: 02/08/2018 12h21min

Hospital do Câncer de Londrina


CONTATO
contato@nossoclick.com
antonio.zaneti@gmail.com
(43)99920-1893



TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2007 - 2014