:Governo conclui mapa da cobertura vegetal no Paran

Governo conclui mapa da cobertura vegetal no Paran - TV Na Rua CornelioDigital Governo conclui mapa da cobertura vegetal no Paran - TVNaRua Cornelio Digital - Notícias, Eventos e Entretenimento
Governo conclui mapa da cobertura vegetal no Paran

O Mapeamento do Uso e Cobertura da Terra que foi elaborado pelo Instituto Água e Terra fornece a distribuição geográfica da tipologia de uso e cobertura.

Os dados serão utilizados para o monitoramento e planejamento periódicos de questões ambientais e socioeconômicas. O novo desenho servirá como ferramenta para a utilização racional do espaço geográfico.

O presidente do Instituto Água e Terra, Everton de Souza, falou sobre o levantamento, que deve servir como suporte para decisões de gestão.

O mapeamento apresenta a vegetação em dois âmbitos: áreas de vegetação natural que são as florestas nativas e as áreas antrópicas agrícolas que englobam os plantios florestais. Na área de quase 20 milhões de hectares do Estado, 29% são ocupados por florestas nativas e 6 e meio por cento por plantios florestais.

Gislene Lessa, engenheira cartógrafa e coordenadora da área de Cartografia do Instituto Água e Terra, falou sobre a troca de informações entre diversos órgãos e entidades para a elaboração do mapeamento.

O coordenador do Desenvolvimento Governamental e Projetos Estruturantes da Secretaria de Estado do Planejamento e Projetos Estruturantes, Nestor Braganollo, considerou que o mapeamento terá utilidade fundamental para ações de desenvolvimento sustentável.

A partir das imagens captadas por satélites os técnicos trabalharam em conjunto com o Consórcio contratado, no desenvolvimento do sistema metodológico para o mapeamento do uso e cobertura da terra. Mais informações estão na página sedest.pr.gov.br.

A CBN lembra que aqui no Paraná, os dados do desmatamento seguem em alta. De acordo com um relatório da Fundação SOS Mata Atlântica, divulgado no final do mês passado, o estado foi o terceiro que mais desmatou entre 2018 e 2019. A maior área abatida foi em Minas Gerais, com 4.972 hectares destruídos, seguido da Bahia, com 3.532; depois o Paraná (2.767).

Os dados apontaram um crescimento de 27% no desmatamento das áreas de Mata Atlântica do Brasil entre 2018 e 2019.

''

Visualizações 183
Fonte: Paiquerê
Por: Redao
Data: 25/11/2020 15h38min

Hospital do Câncer de Londrina


CONTATO
contato@nossoclick.com
antonio.zaneti@gmail.com
(43)99920-1893



TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2007 - 2014