:Simepar lança Alerta Geada

Simepar lança Alerta Geada - Cornélio Digital - O Portal de Cornélio Procópio e Região
Simepar lança Alerta Geada

O serviço de Alerta Geada começa nesta terça-feira (8) e vai até o final do inverno, no dia 22 de setembro.

O sistema gratuito informa a possibilidade de ocorrência de geada aos cafeicultores, entre 48 e 24 horas de antecedência, para que possam proteger as lavouras.

A previsão da geada é feita pelo Simepar e o alerta é feito pelo Iapar, via e-mail, celular e redes sociais. O boletim também pode ser acessado nos sites das instituições ou pelo Disque Geada (43) 33914500. Os interessados podem preencher um formulário na página do Iapar.

Próximos dias

Segundo a previsão do Simepar, não deve gear ao longo desta semana no Paraná. Os próximos dias devem ser de sol entre nuvens em todo o estado. Na quinta-feira o tempo fecha e deve chover na sexta-feira (11) – quando chega uma frente fria – em municípios do noroeste, oeste e sul. A média de temperaturas não deve sofrer grandes variações.

Na terça-feira (15) está prevista a chegada de uma nova frente fria, que também não deve provocar geadas.

O Alerta Geada 

O sistema tem alto grau de confiabilidade. De acordo com o Instituto, nunca houve erro na detecção desse tipo de evento, que acontece desde 1995.

As condições do tempo são monitoradas com base em dados de temperaturas, pressão atmosférica, ventos e umidade do ar coletados desde a superfície até aproximadamente 15 mil metros de altura. Também são analisadas imagens fornecidas por satélite. Um mapa de probabilidade classifica a intensidade da geada como fraca, moderada ou forte. As previsões são reavaliadas no mínimo duas vezes ao dia.

Segundo o meteorologista do Simepar, Cezar Duquia, o inverno normal no Paraná caracteriza-se pela diminuição das chuvas em comparação com as outras estações e o ingresso de massas de ar frio a partir da segunda quinzena de maio. “Geadas são mais frequentes em junho e julho – quando as temperaturas médias ficam mais baixas”, afirma.

Em condições normais ocorrem de um a quatro eventos por ano, mais concentrados entre o centro e o sul do Estado, podendo atingir o norte. Em 2017 houve cinco ondas de frio intenso e foram emitidos dois alertas de geada em 9 de junho e 17 julho.

As projeções mais atualizadas para este ano apontam tendência de comportamento da atmosfera dentro da média. “Até o momento tudo indica La Niña fraca, sem sinais de intensificação que poderia agravar o frio no sul do Brasil”, diz Duquia.

La Niña é o fenômeno climático que resfria as águas na zona equatorial do Oceano Pacífico com impacto nas condições do tempo no Paraná.

Proteção do plantio

A expectativa de colheita para 2018 é de cerca de um milhão de sacas de café beneficiado. Segundo a pesquisadora em agrometeorologia, Ângela Costa, havendo alerta de geada, nas lavouras cafeeiras com idade entre seis e 24 meses recomenda-se amontoar terra no tronco das árvores até o primeiro par de folhas imediatamente. Denominada “chegamento de terra”, essa conduta protege as gemas e evita a morte da planta por geada severa.

A proteção deve ser mantida até o final do período frio, em meados de setembro, quando deve ser retirada preferencialmente com as mãos. Nos plantios com até seis meses de idade, é recomendável enterrar as mudas. Viveiros devem ser protegidos com várias camadas de cobertura plástica. A proteção das mudas e dos viveiros deve ser removida rapidamente assim que a massa de ar frio se afastar e cessar o risco de geada.


Aqui

Visualizações 137
Fonte: Tarob News
Por: Redao
Data: 08/05/2018 10h35min


« anterior [1]  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14  15  16  17  18  19  20  21  22  23  24  25  26  27  28  29  30  31  32  33  34  35  36  37  38  39  40  41  42  43  44  45  46  47  48  49  50  51  52 próximo »


Hospital do Câncer de Londrina


CONTATO
contato@nossoclick.com
antonio.zaneti@gmail.com
(43)99920-1893



TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2007 - 2014