:Desenvolvimento: Prefeito Amin Hannouche anuncia em parceria com a Cohapar a construção de 47 novas moradias para o Distrito de Congonhas

Desenvolvimento: Prefeito Amin Hannouche anuncia em parceria com a Cohapar a construção de 47 novas moradias para o Distrito de Congonhas - Cornelio Digital.com - O Portal da Família


Desenvolvimento: Prefeito Amin Hannouche anuncia em parceria com a Cohapar a construção de 47 novas moradias para o Distrito de Congonhas

O prefeito de Cornélio Procópio, Amim Hannouche, anunciou na manhã desta quinta-feira, 08, em parceria com a Cohapar, Companhia de Habitação do Paraná, a construção de 47 moradias populares no distrito de Congonhas.

O primeiro passo será a realização pelas pessoas interessadas, no site da Cohapar, ou na Prefeitura, através da Secretaria de Ação Social, com as assistentes sociais  Andreia Canônico e Patrícia Barão, que estão treinadas para ajudarem as pessoas que não conseguirem realizar o cadastro diretamente no site da Cohapar.

Após a realização do Cadastro, virão outras etapas, para a seleção e contemplação dos futuros moradores.

O prefeito Amin, anunciou ainda que o processo da construção em Congonhas está em uma fase bastante adiantada, já contratada a empresa que realizará a obra,  e dentro de 30 a  40 dias começará a construção, que tem um prazo de 4 a 6 meses de previsão, sendo finalizadas ainda neste ano de 2018, sendo entregues as casas e levando alegria à população de Congonhas.

Resaltou ainda que a última vez que Congonhas teve a construção de moradias populares foi na administração do ex-prefeito Eduardo Trevisan.

O coordenador regional da Cohapar, Douglas Carneiro de Oliveira, informou que estava na coletiva, no gabinete do prefeito Amin Hannouche, finalizando detalhes técnicos para a liberação da ordem de serviço para a construtora para a construção das 47 casas no distrito de Congonhas. A licitação já foi aberto os envelopes, e já está em fase de habilitação e homologação da construtora. São 47 casas na primeira fase, e mais 47 em sequencia, totalizando 94 casas. Para o cadastro, pode ser realizado através do site da Cohapar, pelo link: http://www.portal.cohapar.pr.gov.br:81/pretendentesOnline/#B. Será feito o estudo e seleção e classificação, de todas as pessoas que estiverem no cadastro, que segundo o próprio Doulgas, é de forma transparente, a toda a população.

Uma boa notícia também é a liberação de mais 85 lotes para o Conjunto Marta Dequech, o qual está em processo  de preparação da licitação, e em mais alguns dias será feito o anúncio da Licitação das moradias. O cadastro é único para o município para todo e qualquer localidade, do município e distrito, ou seja, valerá tanto às residências do distrito de Congonhas, quanto às novas unidades do Conjunto Marta Dequech, sendo que haverá no questionário a opção se o candidato aceita ou não participar da seleção para aquela localidade. Ainda de acordo com Douglas, o cronograma para a construção das casas pela construtora é de até 6 meses. Segundo Douglas, o cadastro das famílias começou ainda em 2017, e cerca de 2 mil pessoas já se cadastraram no sistema para participar da seleção, o que hipoteticamente seria o déficit habitacional da cidade, sendo que além destas a Cohapar está neste momento, oficialmente anunciando na imprensa, a nova modalidade do cadastro, na qual foi realizado um convênio com o município que disponibilizará duas pessoas treinadas para o auxílio às pessoas que por motivos educacionais, ou físicos, ou ainda por não acesso à internet, que não conseguiram realizar o cadastro no sistema, para o preenchimento assistido, ou seja, com a ajuda destas pessoas no preenchimento.

2 MIL Pessoas Já Fizeram o Cadastro

De acordo com informações de um anúncio prévio, 2 mil pessoas já fizeram o cadastro para participarem do processo de seleção, tal deficit populacional, segundo o Prefeito Amin, preocupa, mas providências estão sendo tomadas neste sentido, como a construção de lotes urbanizados, e outras ações que estarão sendo anunciados nos próximos dias, e está sendo agurdado também a decisão da justiça sobre a desapropriação de uma área, para o depósito do valor da área,  que será utilizada para lotes urbanizados.

Visualizações 1617
Fonte: Assessoria
Por: Toni Zaneti
Data: 08/03/2018 13h07min

JG FreiosSampei Cozinha ChinesaNoemi LanchesProdutos AlcobaçaBrasilnet Hospital do Câncer de Londrina
CONTATO

contato@nossoclick.com
antonio.zaneti@gmail.com
(43)99920-1893
TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2007 - 2014