:EMBALO DA COPA Comunidade quer localizar descendentes croatas no PR

EMBALO DA COPA Comunidade quer localizar descendentes croatas no PR - Cornélio Digital - O Portal de Cornélio Procópio e Região
EMBALO DA COPA Comunidade quer localizar descendentes croatas no PR

Luka Modric, Rakitic e Mandzukic. Quem acompanhou a Copa do Mundo, que termina no próximo domingo (15), conhece bem o trio de craques croatas que fazem parte da campanha histórica da finalista, que espera surpreender a França para conquistar o título mundial no futebol, o primeiro de um país tão acostumado com superação de dificuldades durante sua história. 

Além de conhecer os craques que vestem as camisas de grandes clubeseuropeus, como Real Madrid, Barcelona e Juventus, os torcedorestambém passaram a se interessar pela cultura e história do país, hoje, comandado pela presidente Kolinda Kitarovic.

O Paraná mesmo recebeu muitos imigrantes croatas no século XX, entre eles, a família Horvatich, com descendentes que atualmente residem em Londrina e Arapongas. Pesquisadora da história da família há 10 anos, Gisele Horvatich disse que a Comunidade Croácia-Brasil – Croatas e Descendentes no Paraná foi criada durante a Copa do Mundo com o objetivo de localizar, reunir e auxiliar os descendentes a conhecer as suas origens. 

"A intenção é unir croatas e descendentes do Paraná e ajudar as famílias a encontrarem suas raízes, compartilhar memórias, culinária, costumes herdados, fortalecer laços para trocar experiências, obter informações sobre dupla cidadania, reencontrar documentos de ancestrais, resgatar histórias e aprender o idioma", explica Gisele, que viajou para a Croácia em 2012 para um encontro da família e mantém contato com os parentes. 

Uma das tradições herdadas pela família Horvatich está na cozinha. O "Strukli" é um prato típico presente na culinária dos descendentes croatas. "Durante a pesquisa, descobrimos que alguns pratos que temos o costume de fazer em nossas casas eram de origem croata. Além disso, o Strukli feito aqui é muito parecido com o original lá da Croácia", comentou. 

Rodolfo Buhrer/LaImagem/Fotoarena/Folhap

Rodolfo Buhrer/LaImagem/Fotoarena/Folhap


FUTEBOL 

Gisele é fã do camisa 10 da seleção croata, Modric. O meia do Real Madrid viu o avó ser assassinado durante a guerra pela independência da Croácia no início da década de 90. Modric cresceu como refugiado e se destacou no futebol no Dínamo Zagreb, time da família Horvatich na Croácia. Depois, Modric brilhou com a camisa do Tottenham da Inglaterra antes de ser contratado pelo poderoso Real Madrid. 

HISTÓRIA 

A Croácia fez parte do Império Áustro-Húngaro até o final da Primeira Guerra Mundial em 1918. Na década seguinte, nasceu a Iugoslávia. Em 1991, a Croácia declara sua independência e tem início a guerra que durou cinco anos. Gisele explica que as mudanças geopolíticas podem dificultar a pesquisa sobre as origens, sendo que famílias consideradas descendentes de austríacos podem ter as raízes na Croácia.


Aqui

Visualizações 32
Fonte: Agência Brasil
Por: Redao
Data: 14/07/2018 23h42min

Hospital do Câncer de Londrina


CONTATO
contato@nossoclick.com
antonio.zaneti@gmail.com
(43)99920-1893



TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2007 - 2014