:Classificaço de gros garante qualidade ao produto final

Classificaço de gros garante qualidade ao produto final - Cornelio Digital.com - O Portal da Família


Classificaço de gros garante qualidade ao produto final

      Cerca de 20 produtores da região e profissionais da área participaram do curso de classificação de grãos, realizado no dias 2,3 e 4 de agosto. Promovido pelo SENAR/PR e Sindicato dos Produtores Rurais de Cornélio Procópio, o curso tem como objetivo obter um maior rendimento agrícola, identificando grupos, classes, determinação de unidade, impurezas e matérias estranhas no produto a ser vendido.

Divididos nos módulos de milho, trigo e soja, o curso ministrado pela engenheira agrônoma e instrutora do Senar/PR há mais de 10 anos, Ivonete Teixeira Rasêra, teve a duração de 8 horas cada e contou com a participação de produtores e filhos de produtores rurais. “Hoje o agricultor precisa saber a qualidade do produto que vai ser comercializado. Para tanto, a classificação de grãos tem essa função, verificar a qualidade do produto que será posto à comercialização, seja ele para processamento ou para consumo direto e promover o bem estar de seus consumidores”, afirmou. 

Segundo ela, o curso visa ainda qualificar os profissionais de empresas armazenadoras para a classificação de produtos vegetais. Na parte teórica, os participantes adquiriram conhecimento sobre legislação da classificação vegetal, amostragem, identificação e determinação de defeitos e enquadramento em tipos, além da determinação de umidade, impurezas e matérias estranhas. 

Já  na prática, foram verificados os defeitos que existem em cada um dos produtos e assim, no final, a determinação da qualidade daquele produto avaliado. “O produtor sabe produzir, mas por muitas vezes ele deixa de ganhar um pouco mais por não verificar a qualidade do produto que vai ser comercializado. Com esse conhecimento, os produtores, classificadores e armazenistas conseguirão melhorias na qualidade do produto e agregação no valor do produto comercializado”, reforçou a agrônoma.

Eliana Vargas Prudêncio, extensionista municipal na área de meio ambiente (Emater/ Cornélio Procópio) achou o curso muito interessante e fundamental para àquele produtor ainda carente de conhecimento referente à qualidade do produto comercializado. “Como trabalho na área de meio ambiente, acredito que este curso de classificação de grãos será um conteúdo importantíssimo a ser agregado nos conhecimentos que já tenho. Não conheço o assunto a fundo, mas saber como é o processo de qualidade do alimento que consumimos é fundamental para uma vida plena e saudável”, destacou.

Dando continuidade, Ivonete ministrou ainda na quinta-feira última (5) um curso sobre a classificação de uvas, tema que vem ganhando destaque em todo o Estado. De acordo com a instrutora, na uva o mais importante é padronizar o tamanho dos cachos que vão dentro das embalagens e a quantidade de açúcar. “O produtor tem que saber que a uva está doce para que o consumidor compre, goste do sabor e adquira sempre”, ressaltou.

De acordo com a agrônoma, a idéia é trazer também o curso de classificação de maçãs, uma vez que nesta região já há o cultivo. “Nosso objetivo é mostrar para o produtor como ele irá comercializar esta maçã, verificando os defeitos, quantidades de frutos dentro das caixas e verificação de calibres, itens de extrema importância para quem está adquirindo o produto dele”, considerou.

A cada ano, o SENAR/PR distribui mais de 150 mil certificados em seus cursos e chega a atender cerca de 2 milhões de pessoas em todo o Estado. “Com base nesta marca que procuramos oferecer cada vez mais ao pequeno e médio produtor capacitação, aperfeiçoamento e incentivo na atividade agrícola, fonte de renda da maior parte da população brasileira e um dos setores de maior importância na economia nacional”, concluiu Ivonete.   
A agrônoma Ivonete trabalhou a identificação de grupos e classes
A agrônoma Ivonete trabalhou a identificação de grupos e classes

Identificando as impurezas, os produtores aprenderam a qualificar seus produtos
Identificando as impurezas, os produtores aprenderam a qualificar seus produtos

Ivonete Rasêra, instrutora do Senar
Ivonete Rasêra, instrutora do Senar

Nas aulas práticas, os participantes puderam classificar os grãos de forma correta
Nas aulas práticas, os participantes puderam classificar os grãos de forma
correta


O estagiário Guilherme Gavino de Andrade, e os extencionistas da Emater, Eliana Vargas Prudêncio e Maurílio Soares Gomes
O estagiário Guilherme Gavino de Andrade, e os extencionistas da Emater, Eliana
Vargas Prudêncio e Maurílio Soares Gomes


Produtores, filhos de produtores e profissionais do ramo participaram do curso
Produtores, filhos de produtores e profissionais do ramo participaram do curso

Visualizações 3125
Fonte: SindiRural
Por: Antonio Delvair Zaneti
Data: 10/08/2010 16h18min


    

JG FreiosSampei Cozinha ChinesaNoemi LanchesProdutos AlcobaçaBrasilnet Hospital do Câncer de Londrina
CONTATO

contato@nossoclick.com
antonio.zaneti@gmail.com
(43)99920-1893
TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2007 - 2014